CHERNOBYL

 

A peça Chernobyl estreou em setembro de 2019 na Sala Beta do SESC Consolação, na cidade de São Paulo. Depois cumpriu temporada na Oficina Cultural Oswald de Andrade em dezembro de 2019 com temporada gratuita.

Recebeu excelentes críticas e artigos dos jornalistas especializados. A temporada no Sesc Consolação e da Oficina Cultural Oswald de Andrade teve todas as apresentações lotadas.

 

A Peça Chernobyl foi indicada aos prêmios:

- APCA na categoria melhor direção.

- Prêmio Aplauso Brasil.

• Melhor iluminação, para Grissel Pinguillem;

• Melhor figurino, para Chris Aizner;

• Melhor direção, para Bruno Perillo;

• Melhor espetáculo independente, sob produção de Anayan Moretto; 

• Melhor elenco, para Carolina Haddad, Joana Dória, Manuela Afonso e Nicole Cordery

No dia 26 de abril de 1986 o mundo acompanhou com perplexidade as notícias de que uma explosão havia destruído o reator nuclear da usina de Chernobyl, próxima à cidade de Pripyat, na Ucrânia. Após o desastre, a região foi esvaziada e a população nunca mais pôde voltar, deixando suas casas, seus bens e, principalmente, suas histórias para trás. O texto, encenado pela primeira vez no mundo, foi escrito em 2017 pela dramaturga francesa Florence Valéro, nascida no mesmo ano do acidente nuclear, 1986.

 

Desde o início, o espectador é apresentado à boneca Antonia, protagonista-narradora da trama, cujos olhos de vidro cor esmeralda veem tudo ao redor. Antonia tem consciência do que está acontecendo, porém, assim como os demais personagens inseridos na catástrofe, sente-se impotente e incapaz de agir frente ao horror que se anuncia. A boneca acompanha e compartilha o sofrimento de “sua família”: a menina Hanna, seu irmão Michael, a mãe Elena e o pai Igor, obrigados a enfrentar os efeitos devastadores do maior desastre nuclear da história.

NICOLE CORDERY
NICOLE CORDERY
NICOLE CORDERY

FICHA TÉCNICA

Dramaturgia Florence Valéro

[com excertos do livro “Vozes de Tchernóbil”, de Svetlana Aleksiévitch inseridos por elenco e direção]

Tradução Carolina Haddad

Direção Bruno Perillo

Elenco Carolina Haddad, Joana Dória, Manuela Afonso e Nicole Cordery

Trilha Sonora Pedro Semeghini

Cenário e Figurinos Chris Aizner

Iluminação e Vídeo Grissel Pinguillem

Direção de Movimento Marina Caron

Visagismo Cristina Cavalcanti

Consultoria de Química Maurício Rodrigues

Fotos de Chernobyl Duca Mendes e Carol Thomé

Foto da Capa Guy Pichard

Foto das Atrizes Felipe Cohen

Operação de Luz Michelle Bezerra

Operação de Som Pedro Semeghini

Estagiária de Direção Madu Arakaki

Estagiária de Contrarregragem Julia Temer

Pré-Produção Carolina Haddad

Assistente de Produção Marcelo Leão

Produção Anayan Moretto

Responsáveis pelo Projeto Bruno Perillo, Carolina Haddad, Joana Dória, Manuela Afonso e Nicole Cordery

  • Facebook
  • Instagram
NICOLE CORDERY
NICOLE CORDERY
Botão
NICOLE CORDERY
NICOLE CORDERY